Formar seus próprios grupos de mentoria é a maior oportunidade da nova década, mesmo que você ainda não seja muito conhecido no mercado.

Eu não conheço nenhum modelo de negócio mais sólido, com maior potencial de retorno e com menores riscos envolvidos do que esse!

Ah como eu queria saber disso quando eu comecei a empreender!

Eu teria evitado tanta dor de cabeça e frustrações...

Mas eu não gosto de me lamentar!

Acredito que precisei passar por algumas dificuldades justamente para hoje poder te ajudar e simplificar o caminho pra você.

Então vou compartilhar aqui o que eu acredito ser a melhor estratégia para atrair clientes e formar um grupo de mentoria quando você ainda não é muito conhecido no mercado.

Vamos nessa!

A FILOSOFIA BMIND

Num mundo cheio de distrações e de gente tentando vender a ideia de ganhar dinheiro fácil e rápido na internet, nós temos um desafio e tanto por aqui na BMIND.

No que acreditamos?

Precisamos mostrar para as pessoas que os grupos de mentoria são a chave pra você começar a viver do seu conhecimento e também para ganhar escala.

Mas nós não acreditamos em pílulas mágicas e dinheiro fácil!

Nós acreditamos que somente o trabalho feito de forma inteligente e consistente pode render frutos.

Ter a condição de criar, vender e entregar grupos de mentoria é o caminho mais certeiro para impactar a vida de muitas pessoas e gerar resultados práticos.

Esqueça aquela ideia ultrapassada de criar um curso e ir pra praia curtir a vida despreocupado. Essa é uma ilusão que atrasou a vida de muita gente e criou um certo paradigma negativo a respeito do marketing digital.

Nem atendimento individual, muito menos cursos

O mercado está cheio de cursos que não geram resultados satisfatórios e acabam com os sonhos das pessoas! Nós declaramos guerra contra isso!

Também não acreditamos naquele formato antigo de oferecer seu conhecimento e seu acompanhamento sempre de forma individual e sem escala.

Aquela figura do consultor, terapeuta, coach, mentor que fica sentado em um escritório recebendo clientes que vêm por indicação na maioria das vezes.

Esse modelo escraviza e transforma o especialista em um empregado de luxo, que vende suas horas em troca de dinheiro.

A concorrência é muito cruel e o modelo é engessado, limitando seu crescimento em todos os aspectos!

Técnicas não são a solução

Outro paradigma equivocado nesse mercado, e que nós lutamos para quebrar, é o de que basta dominar técnicas para ter sucesso.

Muitas pessoas mergulham a fundo no estudo de técnicas como Coaching, PNL, terapias alternativas, hipnose, constelações entre outras, mas não mergulham a fundo na estruturação de seus negócios.

Isso tornou o mercado doente.

As pessoas estão comprando cursos e mais cursos, mas não conseguem aplicar nada na prática, pois não tem as bases de seu negócio solidificadas.

Digamos que você tenha um problema no coração e necessita fazer uma cirurgia de emergência.

Você prefere fazer a cirurgia com um médico que já fez mil cirurgias, ou fazer com um médico que fez mil cursos de como fazer cirurgia ?

Não me entenda errado, a teoria e o estudo contínuo são com certeza necessários.

Mas você precisa ter um negócio sólido, que gera resultados reais na vida das pessoas, e continuar estudando para atender ainda melhor seus clientes.

Você não pode entrar nessa espiral de achar que o domínio da teoria é que vai te trazer segurança pra atuar.

O foco precisa ser na execução

Por isso na BMIND nós temos esse foco muito prático em resultados.

Nossos clientes são desafiados constantemente a executar aquilo que aprenderam imediatamente!

Nós também temos a certeza que o melhor marketing que existe é um cliente satisfeito.

Por isso nós não acreditamos nesse modelo de vender cursos em massa, sem acompanhamento e feedbacks.

As pessoas já perceberam que as mentorias oferecem uma experiência infinitamente superior.

Na BMIND nós temos a clara visão de que na nova década as mentorias vão se sobressair e por isso formamos mentores para liderar esse movimento que vai revolucionar o mercado.

Separei aqui 3 perguntas para sua reflexão:

  • Será que as pessoas que vendem cursos tradicionais querem realmente que você aprenda ou elas querem que você continue achando que tudo é complicado demais e por isso você precisa comprar mais cursos na sequência?
  • Será que funciona melhor postar muitas coisas, todos os dias, ou será que funcionaria melhor produzir materiais e conteúdos mais aprofundados, de mais alta qualidade e que ajudam de fato o seu potencial cliente?
  • Será que você precisa ficar conhecido e se tornar uma grande autoridade para conseguir vender, ou será que autoridade e reconhecimento virão quando você vender e começar a gerar resultados reais nas vidas das pessoas?

Ser Mentor - A Maior Oportunidade que o Mundo Atual Oferece

Claro que eu sou suspeito pra falar...

Montar meus grupos de mentoria foi o que mudou a minha vida e me permitiu ter uma reviravolta.

Eu sai de dívidas e hoje tenho a vida que desenhei pra mim.

Eu ajudo milhares de pessoas com meus conteúdos e já são centenas de depoimentos de clientes satisfeitos.

Mas eu observei que não foi só pra mim que funcionou.

Pessoas de todas as idades, dos mais variados nichos, estão hoje usando o nosso método pra viver do seu conhecimento.

E eu acredito que ser mentor é a maior oportunidade que o mundo atual oferece por alguns motivos:

  • Você é remunerado na mesma proporção em que ajuda a transformar a vida das pessoas. Então não há limites pro seu crescimento!
  • É absurdamente rápido construir um negócio sólido de mentoria. Enquanto em outros modelos de negócio você demoraria meses, ou até anos, para ver o primeiro resultado positivo.
  • Os custos fixos são ridiculamente baixos. Você consegue começar com o que já tem em mãos (celular e computador)
  • A escala e o alcance podem ser gigantescos se você desejar. Mas é claro que não acontece da noite pro dia!
  • Você tem liberdade de tempo e geográfica. O que não significa que você vai poder trabalhar pouco e ficar na praia enquanto a grana vai caindo na sua conta.
  • Num futuro não muito distante os empregos formais burocráticos tendem a ser substituídos e deixarão de existir, mas o conhecimento humano será ainda mais valorizado.
  • Você não precisa saber muito sobre tudo ou ter títulos e dezenas de certificados para ser mentor. Você só precisa ter um método robusto e ter a intenção verdadeira de gerar resultados para os seus clientes.
  • Ser mentor não é sobre ser superior a alguém. É sobre estar disposto a orientar e acompanhar as pessoas dentro daquilo que você tem interesse e acredita de verdade.
  • Você consegue ser um mentor de sucesso independente da cidade ou região aonde mora
  • Quanto mais você vende, mais resultados você gera e com menos custos. Ao contrário dos negócios tradicionais em que existem gargalos de produção e a qualidade tende a decair a medida que o negócio cresce.
  • Você não precisa ser um influenciador digital ou entender muito de tecnologia pra ser mentor, você só precisa de um passo a passo básico para fazer sua mensagem chegar até as pessoas certas.
  • Quanto mais autêntico e original mais resultados você tem e mais você se diverte no processo
  • Você não precisa forçar autoridade mostrando certificados ou então mostrando que tem anos e anos de serviço como acontecem em algumas carreiras tradicionais
  • Você pode começar sem fazer altos investimentos, sem precisar contratar ferramentas caras, sem precisar gastar dinheiro com site, logo, cartão de visitas e agências de marketing.
  • Tudo que você já tentou antes não funcionou porque não foi feito pensando em pessoas como você que querem viver do conhecimento. Isso não significa que você não pode ter sucesso como mentor, isso só mostra que o mercado está mesmo muito barulhento e cheio de "pegadinhas".
  • Você não precisa ter nenhuma habilidade prévia com vendas pra conseguir formar seus grupos de mentoria e nem precisa ficar empurrando a venda para as pessoas quando você faz o processo direito
  • As pessoas que pensam que não tem nada pra ensinar ou que não serão capazes de gerar resultados, normalmente são as que têm maior vocação, mas o alto senso crítico e a falta de método as deixa "travadas".
  • Você não precisa expor toda sua vida ou ser o "melhor amigo da câmera" para ser mentor. Você só precisa saber tocar o coração das pessoas do seu público com sua mensagem.
  • Você não precisa de uma grande ideia ou achar um nicho milagroso, você vai olhar para as necessidades do mercado e para sua história de vida pra construir sua mentoria a partir disso.
  • Você não precisa largar tudo para ser mentor, você pode ir gradualmente trabalhando até que se torne sua atividade principal

Veja alguns exemplos de mentores orientados por mim de diversos nichos de mercado

Mentora de Líderes e Gestores
Mentora para Transição de Carreira
Mentor de Tenistas
Mentora para Mulheres com Diagnóstico de Câncer
Mentor para profissionais do Turismo
Coach de Executivos
Mentor de Escritores

Reflexões

Se todos começam do zero porque alguns evoluem tão rápido como a Adriana Guerra, o Cláudio Munhoz e a Marilu Matsukura que se formaram com a BMIND em Outubro de 2020 e antes do final do ano já tinham entregue seu primeiro grupo de mentoria, enquanto outros patinam por anos ou desistem?

O que essas pessoas que hoje colhem sucesso, mesmo sem produzir uma tonelada de conteúdos, têm em comum ?

Nenhuma delas é famosa ou precisou de uma grande quantidade de dinheiro pra fazer funcionar, o que te impede de fazer o mesmo?

O que impede as pessoas de ter sucesso e formar seus primeiros grupos de mentoria quando ainda não são conhecidas no mercado?

Pela minha experiência eu observo que existem padrões que se repetem. Listei alguns dos motivos mais comuns para as pessoas não avançarem:

  • Existe muito ruído no mercado e no mundo em geral. A falta de clareza e de método faz as pessoas dispersarem e se sentirem confusas. Mentes confusas não conseguem executar o trabalho.
  • Sem acompanhamento e sem método toda a energia é dispersada e colocada em "objetos brilhantes" que ocupam todo o tempo da pessoa mas não a leva a ter resultado.
  • A falta de confiança se torna um ciclo destrutivo e o aspirante a mentor passa a acreditar que não é capaz ou que não é merecedor do sucesso.
  • As pessoas começam a justificar seu fracasso procurando culpados ou contando histórias para si mesmas. Isso torna todo o processo mais lento e doloroso.
  • Essa pessoa se torna uma presa fácil para os "lobos em pele de cordeiro" do mercado, com suas promessas mirabolantes e discursos de lavagem cerebral, mas que não oferecem passo a passo e acompanhamento para a pessoa empreender e ter resultados práticos.

Reflita:

Você sabe aonde quer chegar? Que tipo de cliente deseja ter? Qual faturamento quer alcançar nos próximos 12 meses? Como quer ser visto pelo mercado?

Você consegue se visualizar como mentor ajudando muitas pessoas?

Que tipo de histórias você conta pra si mesmo para adiar o início do seu negócio de mentoria?

Você investe tempo e dinheiro no seu negócio de mentoria da mesma forma que espera que as pessoas invistam em você?

Você dedica tempo e dinheiro com conhecimento especializado pra montar negócios e conquistar clientes na mesma medida que dedica pra aprender técnicas e fazer cursos ?

Qual é então a melhor estratégia para atrair clientes e formar seus grupos de mentoria quando você ainda não é muito conhecido no mercado ?

Estratégia para atrair clientes
  • O primeiro passo é você encontrar sua voz, ou seja, você encontrar aquilo que faz seu coração vibrar e que você quer compartilhar com o mundo.

A partir disso você precisa começar a entender como o seu conhecimento e suas experiências vividas podem ser transformadas em estruturas de mentoria.

Você viveu transformações ao longo da jornada, mas saber repassar isso para outras pessoas é uma nova experiência que o mentor precisa viver.

Criar estruturas para repassar seu conhecimento de forma replicável é a primeira habilidade que você precisa desenvolver como mentor BMIND.

  • Depois você precisa aprender a contar histórias de uma forma envolvente e lúdica.

Afinal de contas, nós seres humanos nos comunicamos através de histórias desde o princípio.

Histórias são a chave pra você levar a sua experiência de vida até as pessoas e prepará-las para receber o conhecimento que você vai repassar.

  • Em seguida você precisa definir quem é seu cliente dos sonhos, aquele que será mais fácil de atrair e de ajudar. E automaticamente você precisa definir também quem você não quer atrair com sua mensagem.

Afastar as pessoas que só tomam seu tempo mas não são seus clientes é fundamental.

Se você não usar bem seu tempo e sua energia você não terá condições de fazer seu negócio ser sustentável e ajudar as pessoas certas.

  • Trabalhar a mentalidade empreendedora é outro fator primordial para ter sucesso como mentor!

Você enfrentará desafios e vai lidar com situações novas constantemente, principalmente no início, então você precisa treinar sua mente para essa empreitada.

Você vai ter de abraçar o desconforto e desapegar de crenças para construir um novo paradigma e uma nova visão de mundo.

Você hoje ainda não é a pessoa que vai ter os resultados que você quer. Você precisará se tornar essa pessoa!

  • Montar a estrutura de sua mentoria como um esqueleto.

Você vai criar os pilares base da sua mentoria levando em conta as necessidades do seu cliente dos sonhos e o resultado que sua mentoria em grupo prometeu.

Você vai "quebrar" a jornada em módulos que façam sentido lógico e que vão preparando o seu cliente para a execução de cada passo.

Você deve trabalhar com seus clientes na parte de estratégia/tática mas também no aspecto mental.

Os módulos de sua mentoria devem "nivelar"seus clientes para que todos se sintam aptos a executar cada tarefa necessária pra alcançar o resultado prometido.

  • Traçar um plano de condução do grupo

Esqueleto montado agora você precisa se preparar para a condução do processo, criando as tarefas, os desafios e atacando as principais dificuldades que seu cliente possui.

Você precisa colocar a "musculatura da sua mentoria". As técnicas, ferramentas, conteúdos e tarefas que vão desenvolver seus mentorados.

  • Criar um conteúdo que vai além do ensino - que inspire ação

Aqui você precisa meticulosamente pensar em como repassar suas estruturas de forma que as pessoas se sintam motivadas a agir.

Sem ação seu conteúdo pode ser bom mas sua mentoria não vai causar transformações reais.

  • Preparar um ciclo de atração e relacionamento com os potenciais clientes usando estratégias de marketing direto

Marketing direto é aquele que acontece estimulando a resposta direta do cliente. Você vai se utilizar dessa estratégia, para que as pessoas sempre tomem uma ação após receber suas mensagens.

Dessa forma você vai capturar contatos e vai se relacionar com eles entregando valor e mostrando pra essas pessoas que você é a pessoa certa pra ajudá-las já ajudando.

  • Criar uma oferta que empacota seu conhecimento e sua experiência e se torna desejável

Você deve criar uma oferta, ou seja, empacotar todo seu conhecimento, seu acompanhamento e seu método.

Você vai criar também uma apresentação disso de forma a mostrar pro cliente dos seus sonhos que com sua ajuda ele vai alcançar o que quer de forma mais rápida, barata e garantida.

  • Executar esse ciclo, coletar feedbacks e repetir

A partir da execução você vai ter respostas e vai saber o que funcionou e o que precisa ser melhorado.

Você analisa o que aconteceu, faz correções e repete esse ciclo.

Quando bem executado você tem seu grupo de mentoria e precisa agora tornar a experiência desses clientes fantástica.

O resultado de seguir essa estratégia é que você valida tudo antes de ter que investir em coisas caras, desnecessárias e demoradas.

Você consegue uma lista de contatos de pessoas que pertencem ao seu público e você começa uma "conversa" mais próxima com essas pessoas, e cria soluções de acordo com as respostas que essas pessoas dão.

Assim você causa transformações mais profundas e sai da superficialidades das redes sociais.

Você atende demandas que já existem e não precisa ficar tentando adivinhar se seu negócio vai ou não funcionar. Você simplesmente trabalha pra fazer funcionar.

Você tem faturamentos e resultados práticos, ao invés de apenas curtidas e comentários.

Assim você ganha confiança, autoridade e reconhecimento de quem mais importa (seu público verdadeiro).

Você não precisa ficar convencendo as pessoas de forma agressiva e não precisa fingir ser alguém que você não é.

Você pode sair do mundo das fantasias e focar em fazer seu melhor pra ajudar pessoas que estão alguns passos atrás de você na jornada. Seja lá qual for a área que você decidir atuar.

Você gasta menos energia "fazendo barulho" e foca mais no principal que é ajudar as pessoas.

A remuneração que você tem será sempre proporcional às transformações que você causa. Não esqueça disso!

Vamos nos aprofundar?

Se essa estratégia faz sentido pra você não perca de jeito nenhum o Workshop Viva do Seu Conhecimento!

De 11 a 17 de Janeiro vamos mais a fundo nessa jornada para fechar seus primeiros grupos de mentoria!

Se inscreva e fique ligado no seu e-mail.

Entre também no meu canal do Telegram pra ficar por dentro de tudo que vai rolar nessa semana intensa de treinamento!

Te vejo lá!

Thiago Germano