Pense comigo: você vai ser seu próprio chefe, trabalhar de acordo com seus horários, explorar oportunidades e ter a chance de escalar seu empreendimento, impactando cada vez mais pessoas.

E se você acha que não tem experiência com empreendimentos, saiba que a experiência da vida cotidiana sempre esteve treinando você para isso.

Pagar as contas, trabalhar de acordo com horários pré-determinados, organizar as tarefas do dia a dia, pensar no futuro… Tudo isso faz parte da vida de qualquer pessoa e pode ser transferido (e inclusive melhorado) para a gestão de uma organização.

Outra coisa: não há nada que você não possa aprender no caminho da abertura de seu próprio negócio. Capacitações, parcerias, estudos e pesquisas estão aí para que quando você sinta falta de algo, encontre uma fonte de novas informações e conhecimentos.

Quer um exemplo famoso de alguém que começou um império absolutamente do nada e sem nenhuma experiência com empreendimentos?

Há precisamente 18 anos, um jovem programador fundava, em Massachusetts, nos Estados Unidos, um negócio que hoje ocupa nada menos do que o posto de 5ª empresa mais valiosa do mundo, com um valor atual de mais de U$ 70 bilhões.

Estamos falando de Mark Zuckerberg, que não possuía nenhuma experiência empresarial ou de gestão de negócios quando começou o Facebook, ainda que ele tivesse muita experiência em programação.

Mark teve uma ideia e apostou nela: é disso que estamos falando. Se você também tem algo que acredita que pode dar certo — ou ainda está em busca de oportunidades — mas não sabe como começar a empreender sem experiência, continue a leitura!

#01 Encare a falta de experiência como uma oportunidade

Oportunidade de crescimento

Como no caso do criador do Facebook, o que você precisa é apostar na sua ideia.

E se o seu objetivo não é criar uma empresa de bilhões de dólares, ou pelo menos por enquanto, aproveite a sua fome de empreender e coloque-a para trabalhar a seu favor.

Se você quer começar a empreender sem experiência, mas tem vontade de sobra de evoluir, isso tem que ser transformado em ações concretas. Por exemplo, tomar decisões de planejamento, buscar informações para cada contingência ou necessidade que possa surgir em seu caminho.

A melhor parte de empreender sem experiência é que todo conhecimento é novo e estimulante. A cada lição aprendida, informação transformada em conhecimento, conquistas e passos dados em direção ao seu sonho, você efetivamente sente que está avançando.

#02 Transforme sua carreira ou hobby em um negócio

Se você não tem muita experiência em empreender, o melhor é trabalhar com o que conhece bem.

Toda a carga de trabalho que você acumulou no setor em que se desenvolveu profissionalmente durante sua vida (inclusive em mais de um tipo de ocupação) pode ser aproveitada.

Um bom ponto de partida, então, é se manter dentro da sua esfera de conhecimentos, mas a partir de uma iniciativa própria. Sabe todas aquelas coisas que você percebeu que poderiam ser feitas melhor? Bem, essa é exatamente a hora de colocar isso em prática.

Em palavras simples: você pode abrir um negócio que seja parecido a algum empreendimento que você admire ou com o qual tenha compartilhado sua vida profissional.

E se seu sonho de empreender passa pelo distanciamento do setor onde você fez carreira, transformar seu hobby (ou conhecimentos e interesses sobre outros campos) é uma excelente maneira de combinar sua experiência com negócios.

Marcenaria, artesanato, conhecimento de idiomas, habilidade de escrita, tudo pode ser transformado em um negócio de sucesso. Você só precisa encontrar o nicho certo e fazer uma oferta irresistível.

#03 Mergulhe no seu futuro mercado

Quando alguém quer começar a empreender sem experiência, é vital dar a devida atenção à importância de pesquisas e estudos sobre o setor onde se quer abrir o negócio.

Você pode fazer pesquisas com quem considere que seja o seu público-alvo, manter-se atualizado consumindo todas as novidades sobre o segmento, conhecer as últimas tendências e posicionamento do seu mercado, entre outras ações relacionadas.

É hora de mergulhar no que será o seu futuro universo empreendedor. Coloque-se no lugar de um consumidor de seu produto ou serviço e vasculhe as redes sobre qualquer informação relacionada.

Além da perspectiva do cliente, coloque-se também no lugar dos negócios. Tente entender como eles resolvem a entrega de produtos ou serviços, formas de pagamento, quais são os canais que oferecem aos clientes e como estão presentes na internet para conseguir chegar a mais consumidores.

Os números do setor também são importantes. Mesmo quem quer empreender e não tem experiência é capaz de observar os gráficos de um setor e perceber se ele se encontra em expansão ou retração, se surgiram mais concorrentes e quais são as projeções para o futuro.

#04 Crie um plano de negócios

Abstrações pessoais, buscas profissionais e pesquisas à parte, chega um momento em que você vai precisar ter um plano de negócios nas mãos.

Um plano de negócios realista é fundamental para a abertura de qualquer empresa, principalmente para quem está começando a empreender e não tem experiência.

De fato, o plano de negócios é importante até para quem já trabalha com a mesma coisa há anos. Mas, para quem ainda não deu os primeiros passos empreendedores, é mais relevante ainda, já que o documento é o que vai definir as metas e objetivos para que você possa acompanhar e medir o seu progresso.

Um plano de negócio, ainda que simples, deve incluir vários aspectos diferentes. Seu orçamento, a estimativa de análise de fluxo, plano de crescimento e esboço dos serviços que você vai entregar são um bom ponto de partida.

Vale lembrar que o plano de negócios é um norteador, não um limitador das suas ações. Diante disso, ele deve ser flexível e adaptável com o tempo e o aumento do seu conhecimento sobre o seu mercado.

#05 Busque qualificação

Se você vai começar a empreender sem experiência, a melhor forma de adquirir conhecimentos sobre negócios é apostar na sua formação pessoal.

Neste sentido, faça uma autoavaliação para entender melhor quais são suas competências e habilidades e o que você precisa aprender para se dar bem no empreendedorismo. A partir daí, busque as qualificações que faltam para ir eliminando lacunas.

Felizmente, a internet não deixa ninguém sem opções e oferece vários cursos relacionados a gerenciar um negócio próprio.

Se você quer aprender a empreender e viver de seu conhecimento, é preciso entender como administrar um negócio para poder criar estratégias de crescimento e lidar com a gestão de tudo que é pertinente à uma empresa.

Posteriormente, quem sabe se você não pode até começar a ensinar a outros empreendedores como atingir o sucesso? Obviamente, ainda falta um pouco de tempo, mas inclusive ter essa perspectiva pode ajudar a definir cada passo da sua jornada.

#06  Pratique o networking e se informe sobre mentorias

Fazendo networking

O networking é uma das melhores formas de conhecer de perto outras realidades, seja sobre empresas ou outros profissionais.

Felizmente, fazer networking hoje em dia ficou muito mais fácil com a ajuda de redes especializadas no mundo profissional, como o LinkedIn. Por outro lado, você também encontra muitas informações e contatos úteis participando de eventos relacionados ao seu futuro setor de atuação.

Eventos, anúncios de novidades e palestras sobre seu segmento ajudam você a se comunicar com outras empresas do ramo, ver quem são seus clientes e até mesmo pedir conselhos para quem já está na atividade há mais tempo.

Quando alguém mergulha no networking, inevitavelmente acaba conhecendo referências do setor. Quem sabe, você até consiga encontrar um mentor! Tem muita gente disposta a dar conselhos para quem está começando.

Os mentores são profissionais que orientam outros profissionais ou empresas a transformar suas ideias em realidade, ajudando-os a decidir por si mesmos, mas com base em informações e conhecimentos.

Aliás, você já pensou em transformar tudo o que você sabe em um verdadeiro negócio?

Aqui na BMind, ajudamos pessoas como você a transformar conhecimento em negócio. E o melhor: você não precisa ter experiência para isso.Nosso método contempla todas as etapas para que você desenvolva um empreendimento na área de mentoria e comece a viver o seu sonho de independência. Entre em contato com a gente e saiba mais!