Se você trabalha no segmento de coaching, consultoria, mentoria ou treinamento, ter um bom networking é fundamental para alavancar os negócios. Afinal, é a partir de uma rede de relacionamentos ampla que você consegue mais clientes.

Mas como fazer networking de forma que a sua abordagem não seja invasiva? É o que você confere neste post!

O que é networking e por que você precisa dele

Networking é uma rede de relacionamentos sólida, isto é, baseada na geração de valor, que pode te ajudar em diferentes situações da vida pessoal e profissional.

Sabe quando você precisa daquela força para conseguir mais indicações do seu trabalho? É a sua rede de contatos, ou networking, que você aciona.

Segundo o LinkedIn, a maior rede social profissional do mundo, 70% dos trabalhos são conquistados por meio de redes pessoais. No entanto, 49% das pessoas não mantêm relacionamentos profissionais por falta de tempo.

Só que, quando a necessidade bate à porta, é aos poucos conhecidos que elas costumam recorrer para obter indicações, seja para empregos formais ou conquista de clientes.

Se, até hoje, você não tinha se dedicado mais a fazer networking por medo de ser chato, chegou a hora de mudar isso. Nós vamos te ensinar a conquistar clientes por meio do networking sem ser chato. Vamos nessa?

Quais as formas de fazer networking atualmente

De maneira geral, podemos fazer networking de duas formas: presencial ou online.

Networking presencial

O networking presencial é aquele que você faz interagindo com colegas de estudo, colegas de trabalho, amigos, vizinhos e participantes de eventos em que você está presente, por exemplo.

O contato presencial é preferido por 84% das pessoas e isso tem boas razões. É na interação cara a cara que você percebe melhor o tom de voz da pessoa, a linguagem corporal e as reações que ela tem diante da conversa.

Assim, é possível perceber melhor o outro e interagir de forma mais próxima, conquistando a confiança e a credibilidade necessárias para obter o apoio dessa pessoa para os seus projetos.

Networking online

O networking online, por sua vez, encurta distâncias e ajuda a escalar a sua rede de contatos para além das barreiras geográficas. Dessa forma, é possível ampliar o número de pessoas com as quais você se relaciona e ter acesso a mais oportunidades de negócios.

A principal ferramenta de networking online são as redes sociais, pois elas foram construídas para este fim. Todavia, é necessário estar atento às características que definem cada plataforma.

Por exemplo: o Facebook costuma ser usado para manter um networking online mais pessoal. Em outras palavras, mantemos contato com amigos e familiares por meio dele.

Já no LinkedIn e no Twitter, as redes de relacionamento costumam ser mais profissionais, sendo que no LinkedIn, essa é a regra de ouro. Afinal, você precisa de clientes, portanto, precisa se relacionar com pessoas que correspondem a esse perfil. Um amigo ou familiar não faz parte desse grupo.

Onde você pode fazer networking para conquistar clientes

Independentemente de ser presencial ou online, o networking é essencial para que você atraia novas oportunidades de negócios, pois é por meio do contato com novas pessoas que você tem a chance de mostrar aquilo o que faz e como os seus serviços podem transformar a vida delas.

Mas onde fazer networking? Como ampliar sua rede de relacionamentos?

Presencialmente

Como já dissemos anteriormente, o contato presencial é de suma importância para que as pessoas conheçam você e o seu trabalho.

Por essa razão, comece a participar de eventos que coloquem você em contato com pessoas que podem se tornar parceiras de negócios ou então clientes num futuro próximo.

Procure por associações de bairro, verifique se há projetos de empreendedorismo na prefeitura da sua cidade, promova palestras e encontros que atraiam o público no qual você está interessado.

Online

Existem várias ferramentas online que podem ajudar a ampliar o seu networking, além das redes sociais.

Participar de fóruns especializados e grupos de discussão são boas maneiras de se fazer presente na web e construir uma boa reputação. Também é possível participar de eventos online ou então criar eventos online, convidando outras pessoas a assistir.

Assim, você tem a oportunidade de mostrar seu conhecimento e despertar o interesse das pessoas que têm o perfil para se tornarem parceiros de negócios ou então clientes.

O segredo revelado: não peça nada, apenas entregue valor

Com a facilidade de conexão e comunicação que a internet trouxe, ficou muito mais fácil acionar as pessoas e pedir favores. Basta enviar um inbox pedindo indicações, conselhos, ferramentas, ideias, etc.

No entanto, a correria do dia a dia faz com que com que esse tipo de contato se torne tão superficial que as pessoas acabam ignorando. Ou então, até ajudam, mas não veem essa interação com bons olhos, afinal, ser lembrado apenas quando se pode ajudar em alguma coisa não é muito agradável.

Portanto, se você quer fazer um bom networking e conquistar clientes, evite esse tipo de comportamento. Adote uma abordagem mais inteligente, ou seja, entregue valor antes de qualquer pedido.

Ofereça um conteúdo, uma demonstração ou uma consultoria grátis. Mostre que você pode contribuir para eliminar uma barreira enfrentada pelo seu contato.

Ao entregar algo gratuitamente, você não será visto como aquela pessoa que só aciona a rede de contatos para pedir favores. Pelo contrário, seus contatos terão você como uma referência, alguém que agrega valor e está preocupado em ver as demais pessoas crescerem.

Dessa forma, ficará muito mais fácil convencer seus potenciais clientes de que você é a pessoa certa para resolver seus problemas. Tudo isso, sem ser chato.

Quando começar a fazer networking

É importante que você só comece a desenvolver seu networking quando já tiver uma ideia bem formada a respeito do segmento de mercado em que pretende atuar e o perfil de cliente que deseja atrair.

Isso porque você terá que transmitir segurança em relação aos seus serviços e ter condições de explicar às pessoas o que faz e como pode ajudá-las. Do contrário, sair acionando sua rede de contatos sem essas bases, pode minar sua credibilidade no mercado e impactar negativamente na sua reputação, afetando suas vendas.

Conclusão

Fazer networking é um investimento essencial para que você tenha uma carreira de sucesso no segmento de desenvolvimento pessoal. Portanto, na hora de se conectar com as pessoas certas, comece entregando valor.

Só depois de ser visto como um profissional estratégico, focado em ajudar as pessoas, é que você deve partir para uma abordagem mais direcionada para vendas.

Já tem um bom networking formado e quer ampliar sua rede? Saiba o que é prospecção passiva e como desenvolver essa estratégia!