Com mais de 300 milhões de usuários ativos, sendo que 40 milhões são brasileiros, o LinkedIn se destaca por conectar os mais diferentes perfis profissionais.

De grandes CEOs a autônomos, é possível acompanhar a trajetória desses profissionais, interagir com eles e estabelecer redes de relacionamento que podem se converter em oportunidades de negócios.

Quer saber como? Continue a leitura e saiba como ganhar dinheiro com o LinkedIn!

O que é o LinkedIn, do ponto de vista da venda de serviços

A maioria das pessoas vê o LinkedIn como uma plataforma de busca de empregos. Insere os dados do currículo, deixa as informações de contato e passa a usar a ferramenta de buscas para encontrar oportunidades como funcionário.

Mas, o que boa parte das pessoas ainda não percebeu, é que o LinkedIn é uma excelente plataforma de negócios. Ele oferece ferramentas para que você encontre perfis específicos de empresas e pessoas, facilitando na construção de um networking que gere valor para o seu empreendimento.

Por exemplo: se você está iniciando um negócio de consultoria em marketing, pode inserir informações de negócios e compartilhar com sua rede que está disponível para novas parcerias.

Há, ainda, soluções premium que podem ampliar significativamente as oportunidades de ganhar dinheiro com o LinkedIn, como o LinkedIn Sales Navigator, que permite identificar, segmentar e contactar potenciais clientes.

Entretanto, todo o poder do LinkedIn como ferramenta de vendas só vai funcionar se você começar por um perfil campeão na plataforma.

Como você pode ter um bom perfil

O seu perfil no LinkedIn deve ser encarado como a vitrine de uma loja. Ele é convidativo para as pessoas? Atrai o público que você deseja impactar com seu negócio?

Ter uma boa foto de perfil, que enquadre seu rosto e transmita a imagem profissional que você deseja que as pessoas tenham de você é essencial.

Seu título profissional, que vem logo abaixo da foto, deve ser claro e objetivo. Se você é palestrante na área de vendas, por exemplo, insira “palestrante na área de vendas”. Dessa forma, seu perfil será facilmente encontrado pelas pessoas que estão buscando um profissional como você.

Também é necessário dedicar tempo ao preenchimento das suas informações profissionais. Procure ser detalhista, mas sem exageros. Demonstre não só o conhecimento teórico adquirido ao longo da sua carreira, mas as experiências que você teve e os resultados conquistados.

Outra dica valiosa é evitar os clichês. Termos como “planejamento estratégico”, “inovação” e “liderança”, por exemplo, são usados pela maioria das pessoas e acabam se tornando comuns, isto é, sem valor para quem está em busca de um profissional competente.

Abuse das conexões, elas não são "amigos do Facebook"

No LinkedIn, você pode ter até 30 mil conexões. Já pensou conseguir fazer negócios com apenas 1% desse total? Seriam 300 clientes!

É por esse motivo que você não pode ter medo de adicionar novas pessoas à sua rede. Quanto mais contatos você tiver, maiores as chances de ganhar dinheiro com o LinkedIn.

Afinal, o LinkedIn não é como o Facebook, onde agregamos apenas amigos e familiares. Seu intuito é promover o encontro entre profissionais de distintas áreas, fomentar a troca de conhecimentos, experiências e, claro, negócios.

Mas fique atento: não adianta sair adicionando qualquer pessoa à sua rede. É necessário segmentar seu público-alvo e buscar conexões que possam evoluir para um contato comercial e, posteriormente, uma venda.

Crie autoridade com conteúdo

Além de ter um perfil atrativo e desenvolver um bom networking, você precisa contribuir para a rede e se destacar entre os milhares de posts publicados no LinkedIn diariamente.

E qual a melhor forma de fazer isso? Criando conteúdo.

Ao criar e compartilhar conteúdo — sejam vídeos, artigos ou imagens — você gera valor para as pessoas que seguem o seu perfil e se torna uma referência para elas. Desde que seus conteúdos estejam alinhados com as necessidades desse público e sejam realmente relevantes, é claro.

Outra forma de ganhar destaque no LinkedIn é promover conversas. Experimente compartilhar uma experiência que você teve que trouxe uma lição importante para a sua carreira, convidando as pessoas a comentarem.

Os melhores posts são alavancados pelos algoritmos do LinkedIn, levando sua mensagem a um número maior de pessoas. Assim, você pode conquistar mais seguidores e desenvolver novas oportunidades de ganhar dinheiro na rede social.

O poder da abordagem direta

Não é à toa que redes sociais como o LinkedIn permitem o envio de mensagens privadas. Se o intuito da rede é conectar profissionais, nada mais natural do que disponibilizar um espaço em que as interações mais particulares possam acontecer sem interrupções.

Portanto, sempre que um conteúdo publicado gerar engajamento social, como comentários, curtidas e compartilhamentos, não deixe de se aprofundar na conversa com essas pessoas.

Envie um inbox e parta para a abordagem direta. Por já terem interagido com você de alguma forma, esses profissionais estarão mais dispostos a ouvir sua proposta de valor.

Tenha um processo bem construído para levar suas conexões até seu serviço

A abordagem direta é, sem dúvida, uma das maneiras mais eficazes de ganhar dinheiro com o LinkedIn. No entanto, é necessário ter um processo para conduzir esse potencial cliente pelo seu funil de vendas.

Comece por agregar mais valor à informação que você disponibilizou por primeiro. Você pode enviar um vídeo, um artigo complementar ou até uma ferramenta, como uma planilha, para que a pessoa se sinta valorizada.

Ao final deste segundo conteúdo, insira um número de telefone ou WhatsApp para que a pessoa possa entrar em contato com você. Agende um follow up para perguntar o que o seu lead achou do material enviado, caso ele ainda não tenha entrado em contato com você.

Esses pequenos passos ajudam a construir uma relação de confiança entre você e sua audiência, encaminhando potenciais clientes para o seu serviço sem o tradicional (e ineficaz) discurso de “compre aqui”.

Conclusão

Ganhar dinheiro com o LinkedIn depende muito mais da sua capacidade de estruturar processos e compartilhar o seu conhecimento do que grandes investimentos em publicidade. Afinal, a rede social já foi estruturada para promover negócios. Basta saber utilizá-la!

Agora é com você. Comece a revisar seu perfil do LinkedIn e a construir sua rede de contatos. Nos próximos artigos da BMind, traremos mais dicas para você construir uma boa reputação e vender muito mais na internet!