No Brasil, existe um advogado para cada 190 habitantes. Isso significa que existem mais de 1,1 milhão de profissionais registrados na OAB - Ordem dos Advogados do Brasil. Parece muito para você?

Com certeza, é um número expressivo, que torna o mercado um dos mais competitivos no país. Mas a boa notícia é que você pode ganhar muito dinheiro sem precisar advogar.

Curioso para conhecer esse segredo? Continue a leitura e descubra como ganhar dinheiro como advogado sem precisar advogar!

O que é ser advogado para você?

Quando você pensa na sua carreira, o que lhe vem à mente? Atuar como advogado até a aposentadoria ou buscar outras formas de ganhar dinheiro sem precisar advogar?

Se o Direito é a sua paixão e você não se imagina fazendo outra coisa além de atuar nos tribunais, talvez este artigo seja uma surpresa para você. Agora, se você vive pensando em como como ganhar dinheiro como advogado sem advogar, ele é a resposta que você buscava.

O case do robô Watson substituindo advogados na Califórnia

Entre tantos profissionais no mercado, é comum que os mais jovens comecem suas carreiras em tarefas básicas, como pesquisa de jurisprudências, revisões de contratos e elaboração de petições iniciais. Entretanto, esse tipo de função pode estar com os dias contados.

A IBM vem desenvolvendo um módulo jurídico para a sua solução de inteligência artificial, o Watson. Essa ferramenta já está operando em algumas empresas e promete fazer o trabalho braçal com mais agilidade e precisão do que os seres humanos.

Para você ter uma ideia, o Watson Lawyer é capaz de economizar de 20 a 30 horas de trabalho em cada processo judicial. Com isso, é possível reduzir consideravelmente os custos de pessoal e ainda obter maior precisão nas informações.

Consequentemente, as equipes se tornam mais enxutas e especializadas, tornando o mercado jurídico ainda mais competitivo para quem não domina outras formas de ganhar dinheiro como advogado.

A grande dificuldade dos advogados iniciantes

Como você viu no início do artigo, a quantidade de advogados atuantes no Brasil já é enorme. Até 2032, esse número deve bater os 2 milhões de profissionais, o equivalente a um advogado para cada 113,6 habitantes.

Diante desse cenário, contar apenas com a formação universitária e o registro na OAB é insuficiente, tendo-se em vista que esses são os requisitos mínimos para que você ganhe dinheiro como advogado.

A saída, então, é buscar a especialização. Entretanto, não basta cursar uma pós-graduação, afinal, esse também é o caminho escolhido pela maioria dos profissionais que atuam em Direito.

Você precisar entrar a fundo em um nicho de mercado pouco explorado por outros advogados, como planejamento tributário para empresas S.A., por exemplo.

Quando você se torna um expert em um nicho específico, fica muito mais fácil ganhar dinheiro como advogado, pois a concorrência é muito menor. Todavia, a atuação local (em uma cidade ou estado) pode limitar muito seu campo de captação de clientes, impedindo que você aumente seus ganhos.

É quando sair da zona de conforto se torna necessário.

O segredo do sucesso está na educação

Você já imaginou se seus clientes fossem outros advogados, em vez de pessoas e empresas?

À medida que mais cursos de Direito são abertos e mais pessoas ingressam no mercado, aumenta a necessidade de desenvolvimento de outras competências, como negociação, mediação de conflitos, sustentação oral e até captação de clientes.

Então, por que não usar o seu conhecimento e a sua experiência para ensinar outros advogados a terem mais sucesso na profissão?

Além de ganhar muito dinheiro sem precisar advogar, você está contribuindo para o fortalecimento da sua classe por meio da educação.

Como você pode se tornar uma autoridade no meio jurídico sem advogar

Se eu te perguntar quem é o maior especialista em sustentação oral do Brasil, você saberia responder? Talvez sim, talvez não.

Quem sabe esse especialista que veio à sua mente seja um professor da faculdade ou então o autor de um livro. Mas será que essa pessoa está aproveitando as oportunidades do mercado da melhor forma?

Se pensarmos em termos de internet, será que esse profissional tem um bom posicionamento online? Ele usa as tecnologias para dar visibilidade ao seu trabalho e captar clientes?

Esse é apenas um exemplo, mas eu poderia citar vários outros que provariam que é possível ganhar dinheiro sem advogar. Tudo o que você precisa fazer é se tornar uma autoridade no seu segmento de atuação.

Por onde começar

Se você quer viver do Direito e ganhar dinheiro como advogado, mas sem advogar, o primeiro passo é entender o seu mercado de forma mais ampla.

Comece por identificar as demandas mais específicas de cada segmento do Direito e selecione aquelas nas quais não há ninguém atuando.

Certifique-se de que você é realmente bom nessa área e continue se aperfeiçoando para que nenhum potencial concorrente consiga ultrapassar você.

Caso a limitação geográfica pareça uma barreira ao seu crescimento, esqueça isso. Desenvolvendo um negócio baseado na internet, é possível escalar a quantidade de clientes de forma ilimitada, basta criar a infraestrutura necessária para isso e investir na sua imagem para que você seja reconhecido como referência no assunto.

Conclusão

Como você viu, é possível ganhar dinheiro como advogado sem advogar. Tudo o que você precisa é ampliar seus horizontes e entender seu mercado para além da atuação tradicional, nos fóruns e tribunais.

A melhor maneira de desenvolver uma carreira de sucesso é apostando no compartilhamento do seu conhecimento, que é um ativo que não pode ser copiado por ninguém.

Portanto, se você quer explorar todas as possibilidades dessa nova carreira, não pare por aqui. Assine a nossa newsletter e receba dicas e técnicas de empreendedorismo para advogados diretamente no seu e-mail!