Você costuma cuidar das suas finanças ou é do tipo que vê se seu salário acabar antes do final do mês? Se você respondeu a segunda opção, então precisa ler o artigo de hoje!

Vamos contar todos os segredos de como ganhar dinheiro investindo pouco!

Muitas pessoas acham que só quem tem muitos recursos pode garantir uma boa rentabilidade nos investimentos, mas a verdade é que não é bem assim!

Hoje em dia, existem muitas novas formas de investir, inclusive para ter seu próprio negócio, que não exigem grandes quantias e podem aumentar significativamente a sua renda mensal.

E o melhor é que elas passam longe dos bancos! Você só precisa ter alguns conhecimentos básicos e disciplina.

Confira o guia que preparamos e saiba como ganhar dinheiro investindo pouco!

Só existem 2 coisas quando o assunto é investimento: tempo ou dinheiro

O ditado popular diz que tempo é dinheiro, e ele não está errado. Porém, quando se trata de investimento, geralmente, apenas uma dessas variáveis está disponível.

O que queremos dizer com isso? Quem tem dinheiro pode aplicar no banco, montar um negócio, contratar  funcionários, equipamentos etc.

Mas, quando não há recursos suficientes, tudo o que você pode fazer é aplicar o seu tempo e as suas habilidades para criar novas fontes de renda, como é o caso dos microempreendedores individuais, por exemplo.

Nesse sentido, investimento não é só sobre dinheiro. É sobre usar o que você faz de melhor e garantir uma fonte de renda fixa por meio do seu talento.

Na sequência, explicamos como fazer isso e como você realmente pode ganhar dinheiro investindo pouco.

Como você pode usar o seu tempo para vender seu conhecimento de forma inteligente

Hoje em dia, os consumidores estão muito mais exigentes na hora de escolher serviços que atendam exatamente às suas necessidades.

Todos os dias são criados novos tipos de produtos, que visam suprir novas necessidades, como, por exemplo, produtos biodegradáveis, comida vegana, acessórios para celulares e uma infinidade de novos itens. O resultado disso é que a segmentação de mercado está cada vez maior.

E esta é uma grande oportunidade de transformar o seu conhecimento em um produto ou serviço que corresponda às novas demandas do mercado. Apesar do alto nível de exigência, as pessoas estão extremamente receptivas aos produtos especializados — melhor ainda se forem personalizados.

Pensando nisso, vamos dar 3 dicas de como você pode usar o seu tempo e transformar o seu conhecimento em um negócio lucrativo!

Analise bem o mercado e foque em um público específico

Nessa primeira fase, mesmo que você tenha algum dinheiro, resista à tentação e não gaste nada antes de fazer uma avaliação minuciosa do mercado onde você o quer atuar.

Afinal, o segredo para criar um negócio na área de desenvolvimento pessoal é aprender muita coisa sobre o seu nicho. Você precisará apurar informações como:

  • Que tipo de serviços já existem nele;
  • Quais são as “dores”, ou seja, as necessidades que o seu consumidor possui;
  • Como você pode atendê-las.

A pesquisa é a base para o desenvolvimento do seu projeto. Mas por onde começá-la? Elegendo um público-alvo.

Entenda como ele pensa e se comporta, quais são seus desafios, suas virtudes e suas dores, ou seja, quais problemas ele precisa resolver — e como você pode ajudá-lo.

Só assim você poderá desenvolver soluções que realmente auxiliem o cliente a resolver problemas e alcançar seus objetivos.

Esse processo leva algum tempo. Dependendo do tipo de negócio, poderá levar alguns meses.

Mas, depois dessa etapa — e muito trabalho — você verá que todo o esforço vale a pena, pois não há melhor maneira de investir o seu dinheiro do que em um empreendimento só seu.

Quer saber como é possível ter seu próprio negócio investindo pouco? É sobre isso que vamos falar a seguir.

A onda do século 21: a internet como forma de empreender online

Com o crescimento da internet banda larga, o empreendedorismo online se expandiu cada vez mais, dando espaço a novos modelos de negócio.

Um dos maiores benefícios que a alta velocidade da internet trouxe é a autonomia para produzir conteúdos e transmiti-los a partir de qualquer lugar do mundo.

Isso faz com que seja possível a criação de coisas inovadoras para você ganhar dinheiro investindo pouco. Estamos falando de vender o seu conhecimento, literalmente.

Tudo que você precisa é de um computador e um celular com boa câmera, coisas que você já deve ter. Portanto, o investimento é zero!

Com isso em mãos, você estará pronto para desenvolver o seu negócio online!

Veja alguns dos itens mais consumidos na rede, que farão com que você ganhe dinheiro investindo pouco (apenas o seu conhecimento), e ainda sem sair de casa.

Cursos e videoaulas online

Aprender pela internet virou mania. De acordo com a pesquisa Youtube Viewers, o consumo de vídeos cresceu 135% entre 2014 e 2018, sendo o formato preferido por usuários da internet em todo o mundo.

E 24% desta audiência afirma que acessa a plataforma exclusivamente para buscar conhecimento. Para criar seu curso ou videoaula online, basta que você domine bem um assunto e tenha uma boa câmera para gravar.

Consultorias e coaching

Na busca por melhorias contínuas nos processos e o desempenho de alta performance, a demanda pelos serviços de coaching e consultoria está crescendo muito no mercado.

O trabalho desses profissionais é ajudar empresas ou indivíduos a executarem suas funções com mais qualidade e eficiência, adquirindo melhores resultados.

E a tecnologia também é responsável por alavancar essas atividades, já que suas ferramentas possibilitam o atendimento online.

Dessa forma, esses profissionais podem atender mais clientes, investir mais em recursos e aprimorar sua metodologia.

Podcasts

Os conteúdos de áudio são outra forma de disseminar conteúdos e divulgar seu trabalho. É só ter um bom microfone e um gravador digital. Depois, você pode colocar o seu podcast numa plataforma de streaming, como Spotify ou Soundcloud, e pronto!

O poder dos subnichos de mercado: cauda longa do mercado de massa para os mercados de nichos

Até agora, você já sabe que, para ganhar dinheiro investindo poucos recursos, são necessárias duas coisas: tempo e acesso à internet, que é onde seus serviços poderão alcançar o maior número de pessoas sem grandes investimentos de marketing.

Só que, para que o seu empreendimento seja um sucesso, é preciso ir além do nicho de mercado. Lembra da segmentação, sobre a qual falamos no início? Ela serve para atender aos subnichos.

O subnicho é um componente fundamental da sua estratégia. Trata-se de afunilar ao máximo o perfil de pessoas que você quer alcançar.

Dando um exemplo, suponhamos que você tenha escolhido trabalhar com um produto no nicho de emagrecimento. Com certeza, há milhares de pessoas querendo emagrecer, assim como há milhares de produtos competindo com o seu, por isso, entrar nesse ramo pode ser muito mais difícil do que você imagina.

Mas não se você definir um subnicho, da seguinte forma: ao invés de focar apenas em mulheres que desejam perder peso, você pode atender a mulheres que desejam emagrecer e se tornaram mães recentemente.

Somente a partir desta pequena mudança, você já conseguirá restringir o perfil do consumidor ideal, dando maior foco à sua estratégia e atribuindo mais valor aos seus serviços.

Como o valor é percebido - escala de proximidade

Quer adicionar mais valor aos serviços? Esteja próximo do seu cliente!

Existe uma escala de percepção de valor que determina que, quanto mais próximo você estiver do seu cliente, mais o seu trabalho será valorizado por ele.

Sem dúvida, os recursos que citamos, como a videoconferência ou as aulas online facilitam a entrega dos serviços. No entanto, o contratante enxerga muito mais valor quando o profissional está próximo dele.

Nesse sentido, proximidade significa ir até o seu cliente quando ele precisa de apoio, resolvendo um problema ou buscando uma solução.

É por meio do contato presencial que você pode passar todo o seu conhecimento ao cliente, fazendo com que ele confie mais no seu trabalho.

Portanto, ter uma agenda de reuniões presenciais e estar disponível sempre que for necessário é fundamental para agregar mais valor aos seus serviços e fortalecer o relacionamento com o cliente.

Sem falar que, com essa estratégia, você não precisará investir muito em marketing, já que os próprios clientes vão reconhecer seu valor e lhe indicar a outras pessoas.

Outra sugestão para complementar a sua estratégia é oferecer algo mais do que estabelece o serviço contratado — um brinde, uma consultoria extra ou qualquer outra coisa que tenha valor para o cliente.

Note que todas as suas ações como empreendedor devem ter um objetivo claro: a satisfação de quem está adquirindo seus produtos ou serviços. A partir do momento que você atingir esse objetivo, o crescimento da sua empresa será apenas uma questão de tempo e você terá a certeza de que é possível ganhar dinheiro investindo pouco!

Conclusão

Como ganhar dinheiro investindo pouco? É a pergunta que todo mundo faz, porém poucas pessoas conseguem descobrir a resposta.

O objetivo deste artigo foi mostrar que você pode, sim, ser um empreendedor de sucesso e obter uma maior rentabilidade financeira investindo poucos recursos.

Não existe fórmula mágica nem enganação, tudo o que você precisa fazer é aplicar o que tem de mais valioso, que é o seu conhecimento.

Esperamos que você utilize essas estratégias para empreender na internet e conquistar sua independência financeira!Se você gostou deste conteúdo, ajude outras pessoas a descobrirem como ganhar dinheiro investindo poucos recursos. Basta compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais!