Você é um ser único e sua história de vida, suas experiências e habilidades acumuladas ao longo dos anos, poderiam estar sendo usadas para impactar positivamente milhares de pessoas.

Eu fico muito triste quando vejo pessoas vivendo abaixo de suas capacidades ou tendo dificuldades para crescer e prosperar em seus negócios por medo de expor suas idéias ao mundo e encarar a opinião e julgamento alheios.

Você pode sentir um simples desconforto ou até mesmo ter uma fobia que gera reações químicas e fisiológicas incontroláveis com palpitações, suor e calafrios.

Importante dizer que é perfeitamente normal sentir algum nível de desconforto em situações de exposição. Isso significa que você é humano!

Neste artigo, trago algumas dicas para você lidar melhor com o medo da exposição e não deixar que isso impeça você de cumprir sua missão: conduzir mentorias e ter um negócio próspero.

Dica 1 : Entender que Mentor Não Precisa Ser Influenciador Digital

Primeiro é importante lembrar que, para ser um mentor, você não precisa fazer como os "influencers" e compartilhar toda sua vida nas redes sociais, desde a hora em que acorda até a hora de dormir.

Apesar de importantes, as redes sociais não devem ser o centro do seu negócio!

Entenda as redes como um ponto de contato com seu público e como fontes de tráfego. Apenas isso.

Inclusive, muitas pessoas acabam focando nas "métricas de vaidade", como seguidores e curtidas, e depois se surpreendem por não conseguirem monetizar (vender) para esses seguidores.

Mais importante do que a quantidade é a qualidade. Dependendo do tipo de conteúdo postado, você pode atrair apenas curiosos que nunca vão se tornar clientes!

Tenha a noção de que as redes sociais devem fazer parte de uma estratégia de atração de clientes e de relacionamento com seu público. Mas que elas, por si só, não são o seu negócio e nem representam quem você é como pessoa.

Vale aqui falar sobre a regra 80/20 - publicar 80% do tempo sobre algo que seja útil para seu cliente ideal e apenas 20% sobre sua vida pessoal e bastidores.

Eu particularmente uso a regra 95/5 - apenas 5% do tempo publico sobre algo dos meus bastidores e vida pessoal.

Cada um sabe "aonde o calo aperta". Portanto, esteja ciente de que o engajamento e a proximidade com o público tendem a aumentar quanto mais você posta sobre sua vida pessoal. Porém, que sempre existe um preço a ser pago por cada decisão que tomamos.

É muito importante que você reflita sobre seu comportamento nas redes: você hoje é mais consumidor de conteúdos ou produtor de conteúdos?

As pessoas que têm sucesso no mundo digital passam a maior parte do tempo produzindo conteúdos, em vez de navegando!

Navegar e consumir muitos conteúdos no Instagram, Facebook e Youtube, além de acabar com sua produtividade, pode te colocar num estado de paralisia, pois tendemos sempre a nos comparar com os outros.

Consuma conteúdos úteis e necessários para que você possa servir sua audiência e produzir materiais cada vez melhores.

Passe a maior parte do tempo produzindo e seus resultados e autoconfiança vão aumentar significativamente!

Dica 2: Mude o Foco

Experimente tirar o foco de você e colocar o foco nas pessoas que você quer servir.

Isso é libertador!

Eu sou uma pessoa tímida e introvertida e só consegui me soltar e aparecer mais em vídeos, lives e treinamentos quando entendi que estava fazendo isso por um motivo maior, por uma missão de vida.

"Quem tem um porquê enfrenta qualquer como " - Victor Frankl

Comece a buscar autoconhecimento e entender o motivo maior que te leva a querer fazer seu negócio dar certo e veja o medo da exposição reduzir consideravelmente.

Você é a pessoa que pode mudar a vida de alguém com sua mensagem. Mas para isso, você precisa compartilhá-la com o mundo!

As pessoas não estão ali contra você, não são seus adversários.

Elas querem aprender algo e esperam que você valorize seu tempo entregando conhecimento de valor.

Entenda que somos seres egocêntricos e que a sua audiência não está preocupada com sua aparência, roupas, voz, etc... mas sim com o que você pode fazer por eles!

Se divirta no processo e compartilhe seus valores e crenças.

Não ligue para a opinião de pessoas que não compartilham dos mesmos valores que você. Nunca vamos conseguir agradar a todos!

(Ainda bem, já pensou que chato o mundo seria se todos pensassem igual ?)

Eu, particularmente, não acredito em truques do tipo falar pro espelho e fazer vídeos selfies pro celular. Pois na realidade, você vai precisar de um tempo até se acostumar com sua própria voz e imagens em vídeo. E isso só vem com a repetição!

Isso é natural pois temos uma autoimagem (um desenho mental que fazemos sobre nossa própria imagem) e precisamos nos acostumar com nossa imagem e voz em vídeos, que são diferentes da imagem e voz que construímos em nossa mente.

Encontre sua missão (seu porquê) e comece a caminhar um passo de cada vez em direção a esse norte. Você vai observar o medo da exposição diminuir pouco a pouco.

Seja consistente e tudo que hoje parece uma grande barreira vai passar a fazer parte do seu dia a dia, assim como escovar os dentes e amarrar os sapatos.

Dica 3: A Lei do Espelho

As pessoas não têm problemas nos negócios. Elas têm problemas pessoais que refletem em seus negócios!

A Lei do Espelho é uma lei universal da qual não podemos fugir.

Nosso mundo exterior é reflexo de nosso mundo interior:

  • Seus medos e julgamentos são apenas o reflexo de quem você é e como você pensa e se comporta.
  • Se você não investe em você, os outros não investirão em você.
  • Se você é rude com vendedores as pessoas serão rudes quando você quiser vender algo.
  • Se você posterga muito as decisões, as pessoas vão pedir pra pensar também.
  • Se você julga as pessoas que começam algo novo, você terá dificuldades em começar algo novo.
  • Se você tem medo do que os outros vão pensar, provavelmente você julga muito as pessoas que fazem algo diferente de você.

O primeiro passo para lidar com nossos medos sobre o julgamento é entender o que pensamos.

O que você acredita ser verdade molda a sua realidade. Mas não é a realidade suprema mundial.

Tome cuidado com os pensamentos que você permite chegar ao seu subconsciente!

Dica 4: Controle Sua Própria Mente!

Glossofobia é o medo de falar em público. E esse medo chega a ser mais forte para algumas pessoas que o medo da própria morte!

Que loucura não ?

O que acontece é que a maioria das pessoas não tem controle sobre sua própria mente!

Procuramos soluções externas, mas a chave é pra dentro!

Você precisa se tornar uma pessoa diferente pra alcançar coisas extraordinárias.

Sim! Sua autoimagem pode mudar!

Quando sua autoimagem muda, suas ações mudam e seus resultados por consequência também!

Você pode reprogramar sua mente!

Primeiro você precisa ter clareza de onde quer chegar (um motivo maior) e paixão.

Só assim você terá automotivação. E isso é fundamental, pois não podemos depender sempre de motivação externa para fazer o que precisa ser feito!

Depois, você precisa tomar uma decisão.

Não faça como a maioria das pessoas, que só tomam decisões de mudar quando algo grave como uma doença ou a morte de alguém querido chega em suas vidas.

Em seguida, você precisa incluir a prática e a repetição no seu dia a dia.

Mande pequenas mensagens pro seu subconsciente de que você está mudando e aos poucos sua mente vai começar a se adaptar a esse "novo você".

Pequenas ações que se repetem vão acostumando sua mente a aceitar uma nova realidade.

Comece falando com pessoas individualmente, passe a falar então com pequenos grupos, vá aumentando o número de pessoas com quem você compartilha sua mensagem...

Grave um primeiro vídeo, faça uma primeira live. Vá aos poucos se tornando uma nova pessoa...

Logo, essa posição de líder e mentor passará a fazer parte da sua nova identidade.

Você se torna uma nova pessoa que executa coisas que o seu "eu antigo" julgava muito difícil e doloroso.

Conclusão

Você está fazendo um bom trabalho porque é sua missão ou está fazendo o que as pessoas querem que você faça?

Sair da média exige pensar diferente e agir diferente!

Porque o que passa pela cabeça das pessoas tem tanto poder sobre você?

A vida é uma só e passa rápido demais para que você se prive de fazer o que ama por medo do que vão pensar!

Siga essas dicas e me conte aqui nos comentários se você tem alguma técnica ou dica especial pra compartilhar também, Ok?

*Se você tem uma fobia incontrolável, que te causa reações fisiológicas muito severas, pode ser que tenha algum trauma. Procure ajuda de especialistas.