Quando você pensa em mentoria, está pensando em um negócio. E atualmente, não há negócio que sobreviva sem uma boa presença nas redes sociais.

Só para você ter uma ideia, em 2020, 3,6 bilhões de pessoas usavam as mídias sociais em todo o mundo. E até 2025 a previsão é de que esse número aumente para, aproximadamente, 4,5 bilhões de pessoas. Em média, esses internautas passam cerca de 2h24 por dia navegando entre Facebook, Instagram, LinkedIn, Club House e tantas outras redes.

Isso significa que, independentemente da área na qual você se especialize, certamente o público que você busca para a sua mentoria está nas redes sociais. Portanto, esses canais de comunicação são essenciais para atrair a atenção de potenciais clientes, desenvolver um bom relacionamento com eles e, finalmente, conquistar suas primeiras vendas.

Mas, antes que você saia anunciando sua mentoria, é preciso entender que as pessoas não usam redes sociais para comprar. O que elas buscam nessas plataformas é interagir com amigos e familiares, se divertir e se educar. O que significa que você precisa de uma estratégia bem elaborada para não passar despercebido por essas pessoas.

Então, continue a leitura e aprenda a divulgar sua mentoria em redes sociais para captar clientes o ano todo!

O real papel das redes sociais em um negócio de mentoria

Redes Sociais

Antes de começar a divulgar sua mentoria, é imprescindível que você entenda o verdadeiro papel das redes sociais para um negócio de mentoria. E existem basicamente duas funções primárias para elas:

Chamar a atenção de novos prospects

Redes sociais são plataformas que permitem alcançar um grande número de pessoas, estejam elas próximas a você ou não.

O segredo para escalar esse alcance é criar conteúdo que conecte você, um problema e seus potenciais clientes.

Quando você apresenta um problema e informa a solução, as pessoas se sentem mais amparadas e tendem a compartilhar seu conteúdo com suas redes, aumentando ainda mais a visibilidade do seu negócio de mentoria.

Caso você ainda não tenha uma audiência em redes sociais, pode investir em anúncios segmentados. Com um pequeno valor investido você já vê a movimentação nos seus perfis crescer e assim vai construindo sua imagem e reputação no mercado.

É essa visibilidade, somada à sua capacidade de demonstrar valor, que atrai novos prospects e permite que você inicie um bom relacionamento com seus futuros mentorados.

Facilitar o relacionamento

A segunda função das redes sociais em uma estratégia de marketing para mentores é facilitar o relacionamento com prospects, leads e clientes. Como as pessoas passam muito tempo navegando nessas mídias, fica fácil interagir com elas e manter a proximidade.

Você pode compartilhar conteúdo seu e de outras páginas que sejam de interesse para o seu público, responder a dúvidas, instigar debates e, claro, mostrar qual é o seu trabalho. Mas tudo de forma simples e natural, sem o discurso batido de “compre aqui”.

A ideia é manter a comunicação com seus prospects, leads e clientes em dia e fazer com que seu nome permaneça na mente deles por mais tempo. Assim, quando chegar o momento de escolher uma mentoria, certamente eles se lembrarão de você.

As redes mais populares hoje em dia (2021) e suas peculiaridades

Redes Populares

Basicamente hoje, temos duas grandes empresas que dominam o cenário online: Google e Facebook.

Google

A Google tem o YouTube, que se tornou um misto de rede social e ferramenta de buscas. Como rede social, o YouTube tem um grande diferencial, que é a possibilidade de compartilhar vídeos mais longos. Além disso, você pode criar playlists, segmentando conteúdos de forma inteligente dentro do seu canal.

Essa característica torna o YouTube uma excelente rede social para divulgar sua mentoria, pois você pode mostrar todo o seu conhecimento sem se preocupar com limitações de tempo.

Facebook

A empresa Facebook é detentora de várias ferramentas, entre elas, a rede social Facebook, o Instagram e o WhatsApp, que é o mensageiro instantâneo mais utilizado atualmente.

Instagram

Dentre as soluções da corporação, o Instagram é a plataforma que tem gerado mais retorno para quem está desenvolvendo um negócio de mentoria. Isso se dá pelas várias possibilidades de interação que ele traz.

Você pode postar imagens e vídeos (curtos) no seu feed, acompanhados de textos explicativos e hashtags. Pode, também, publicar conteúdos no Stories, que funciona como se fosse um diário.

O Instagram é uma excelente ferramenta de prospecção de clientes e já falamos sobre essa característica no post Como prospectar clientes no Instagram, com uma mira laser. Mas o grande potencial dele está no desenvolvimento de bons relacionamentos com sua audiência.

O Facebook ainda vale a pena?

Embora muitas pessoas acreditem que o Facebook já perdeu parte do seu encanto, a verdade é que ele continua sendo uma excelente plataforma para prospectar novos clientes. Em 2020, ele retomou o Top 1 de redes sociais mais utilizadas no Brasil, com cerca de 130 milhões de usuários.

Mas, se no orgânico ele não chega a ser tão efetivo quanto o Instagram, nos anúncios patrocinados ele continua sendo um excelente investimento. Ou seja, se você quer captar leads e clientes, convém desenvolver uma estratégia de anúncios pagos no Facebook.

Esse sucesso não é à toa: a ferramenta de segmentação de públicos do Facebook é uma das mais assertivas do mercado e permite que você encontre públicos semelhantes a uma determinada lista, por exemplo. Diante disso, é possível multiplicar rapidamente o número de prospects e leads.

WhatsApp

Há quem defenda que o WhatsApp não é uma rede social, mas sim uma ferramenta de comunicação. E não estamos aqui para debater isso. A verdade é que, em todo o mundo, existem 2 bilhões de usuários da ferramenta e no Brasil são mais de 120 milhões de pessoas que fazem uso do Whats. Ou seja, é um público amplo e que você pode impactar com a sua mentoria.

A dica para usar o WhatsApp para divulgar sua mentoria é criar grupos ou listas de distribuição. Os grupos podem permitir interação entre os membros ou então serem limitados para postagens apenas dos administradores. Já as listas de distribuição são canais unidirecionais de comunicação. Ou seja, só você pode mandar mensagens, sem que os membros saibam quem mais está na lista.

A grande vantagem do WhatsApp é a proximidade que você conquista com leads e clientes. A comunicação é direta, sem intermediários, e a taxa de entrega é de 100%.

O grande concorrente do WhatsApp é o Telegram, mas ainda há bastante gente que não utiliza esse aplicativo. Nesse sentido, vale a pena você averiguar qual das ferramentas faz mais sentido para o seu público e então investir naquela que terá maior aceitação.

LinkedIn: um trabalho à parte

Quando falamos em redes sociais, é evidente que o LinkedIn tem uma característica bastante distinta das demais plataformas. Ele é totalmente voltado à criação de networking e formação de parcerias e negócios.

Nesse sentido, vale a pena investir no LinkedIn quando sua mentoria é voltada para o perfil de usuários dessa rede. Inclusive, trata-se de uma ótima plataforma para prospecção de clientes, como abordamos no artigo Como prospectar clientes no LinkedIn, sem usar o Sales Navigator.

O tipo de estratégia que funciona bem para mentores

Estratégia de divulgação

Para ter sucesso na divulgação da sua mentoria em redes sociais, você precisa de uma estratégia. Caso contrário, poderá investir tempo e dinheiro sem obter retorno.

Minha experiência mostrou que unir tráfego orgânico e tráfego pago é a melhor forma de captar clientes o ano todo. Mas não é só isso. Você precisa:

  • Entender quais são as redes sociais que o seu público utiliza realmente e estar nelas;
  • Ter um foco maior em uma ou duas redes, de acordo com o perfil do seu público;
  • Ter clareza sobre a sua estratégia no tráfego pago, isto é, o que você vai oferecer neste anúncio — webinar, aula gratuita, workshop etc;
  • Continuar o relacionamento com sua base de leads e clientes por e-mail e rede social, a fim de aumentar o engajamento.

Então, basicamente, você vai usar o tráfego pago para atrair novas pessoas, já tentando monetizar seu negócio de mentoria, e na sequência desenvolver um bom relacionamento com esses internautas.

Como desenvolver esse relacionamento? Produzindo conteúdos de alto valor. A minha estratégia é criar um conteúdo mais denso semanal e transformá-lo em conteúdos menores que podem ser replicados nas redes sociais.

Por exemplo, você pode criar um vídeo em formato de aula e publicá-lo no YouTube. Então, compartimentar esse vídeo em conteúdos menores e distribuir no Facebook, LinkedIn, Instagram, Twitter, etc. Cada conteúdo menor direciona para o conteúdo mais profundo, aumentando, assim, o engajamento da sua audiência.

Transformando estranhos em seguidores, seguidores em leads e leads em clientes

Estranhos que virarão clientes

Uma coisa fundamental quando a gente fala de redes sociais para negócios de mentoria é que você consiga transformar os seguidores das redes sociais em leads (contatos) e esses leads em clientes.

Transformando seguidores em leads

Transformar seguidores em leads depende da sua capacidade de criar chamadas para a ação (CTAs) atrativas. Ou seja, dizer o que a pessoa tem que fazer em seguida.

Cada conteúdo postado em uma rede social deve terminar com uma chamada para a ação seguinte. Por exemplo, inscrever-se em um webinar ou baixar um material em pdf.

O intuito deve ser sempre o de captar o contato dessa pessoa, seja um e-mail ou número de telefone, para que você possa se conectar por WhatsApp, Telegram ou até mesmo SMS.

E por que ter esse trabalho? Basicamente porque, enquanto você depender de uma rede social para se relacionar com cada lead, estará sujeito às regras daquela rede social. E, como sabemos, essas regras mudam constantemente.

Por outro lado, quando você tem acesso a um meio de contato direto, pode escolher a ferramenta a ser utilizada. O contato não se perde, pelo contrário, ele se estreita e aproxima.

Convertendo leads em clientes

Uma vez que você tenha conquistado o contato de um seguidor, ele se torna um lead. Mas ainda existe a necessidade de converter esse lead em um cliente, certo?

É quando você começa a entregar ainda mais valor a esse lead, seja por meio de conteúdos ricos ou mentorias práticas gratuitas. Assim, você aumenta o nível de consciência dessa pessoa em relação ao problema que ela enfrenta.

Desse modo, ela desenvolverá um desejo maior por se aprofundar no assunto e encontrar de uma vez por todas a solução que estava buscando. Nesse momento, você oferece a oportunidade de uma sessão particular, na qual o lead poderá expor seu problema e você poderá entender como ajudá-lo com a sua mentoria. Ao final, você consegue oferecer seu programa de mentoria, convertendo um lead em um cliente.

O poder da multiplicação de conteúdo

Multiplicação de Conteúdo

Se você não tomar cuidado, pode gastar muito tempo e dinheiro em redes sociais sem obter retorno algum. Mas, se você usar essa dica que eu vou te contar, vai ter muito retorno com pouco investimento de tempo.

Programe-se para criar um conteúdo mais denso por semana. Ou seja, um conteúdo que se aprofunde em determinado tema e que explore um ponto de vista inédito sobre ele.

Esse conteúdo deve estar conectado com o desejo ou necessidade das pessoas que você quer impactar. Ao mesmo tempo, deve deixar claro qual é a solução para esse problema. E ainda, que você é a pessoa certa para ajudar a resolvê-lo.

Então, não adianta criar conteúdo aleatoriamente. Deve haver uma estratégia por trás deste conteúdo, que permita conectar problema, cliente e solução (sua mentoria).

A partir desse conteúdo central, você deve criar conteúdos menores. São esses que vão abastecer as suas redes sociais diariamente. E por que seguir esta estratégia?

Criar um conteúdo com profundidade suficiente para gerar alto valor demanda tempo. Nesse sentido, fica praticamente impossível povoar suas redes sociais somente com conteúdos dessa natureza. Além disso, nas redes sociais, ninguém presta muita atenção a conteúdos muito longos.

Por isso, ao desmembrar seu conteúdo central em conteúdos menores, você tem a chance de captar a atenção das pessoas e manter a consistência nas redes sociais, isto é, uma frequência certa de publicações que levem os algoritmos a alavancar seus perfis.

Dica extra:

Uma boa maneira de prender a atenção das pessoas nas redes sociais e multiplicar o seu conteúdo é documentar seu dia a dia. Enquanto você prepara um webinar ou uma mentoria, por exemplo, pode tirar fotos ou gravar pequenos Stories.

Desse modo, seu calendário editorial não falha e você gasta menos de 2 horas por dia em redes sociais. Além disso, sua audiência se torna mais engajada, desenvolvendo maior confiança no seu trabalho. Algo que é essencial para quem tem um negócio de mentoria.

Tráfego pago: a chave para tornar-se profissional

Facebook Ads

Muita gente tem medo do tráfego pago por falta de conhecimento. Mas a verdade é que ele é a chave para você deixar de ser amador e se tornar profissional.

Se você não gera tráfego pago, fica dependente das redes sociais para distribuírem o seu conteúdo. E depender de qualquer plataforma para gerar negócios é colocar o seu sucesso nas mãos alheias. Ou seja, não funciona.

Com o tráfego pago, você tem certeza de que a sua mensagem é divulgada. Além disso, que ela chega às pessoas certas. Afinal, um dos maiores potenciais dos anúncios patrocinados é o poder de segmentação de públicos.

Seja no Facebook, no Google, Instagram, LinkedIn ou qualquer outra plataforma, a atenção das pessoas é cada vez mais disputada. O que significa que é mais difícil fazer com que as pessoas certas conheçam você. Em contrapartida, com o tráfego pago, você consegue se colocar à frente de outros possíveis concorrentes e atrair a atenção de potenciais clientes.

Tráfego pago sai caro?

Quando você compara investimento x retorno, ou seja, geração de leads ou mesmo vendas, o tráfego pago sai muito barato. Tudo o que você precisa é entender como funciona e aplicar isso de maneira correta.

Trabalhando com tráfego pago, você pode começar seu negócio de mentoria a partir de casa, com uma estrutura pequena e pouco investimento financeiro. A vantagem é que você investe um pouco, lucra com as primeiras vendas e reinveste parte do lucro para gerar mais vendas. É desse modo que seu negócio vai crescendo de forma sustentável.

Em pouco tempo, você vai perceber seu negócio crescendo muito mais do que outros que investem grandes quantias de dinheiro logo de cara, sem a certeza de que haverá um retorno financeiro.

Esta é a dica mais importante que eu poderia te dar neste artigo, portanto, aprenda mais sobre tráfego pago e comece a investir nessa estratégia para divulgar sua mentoria em redes sociais e captar clientes o ano todo.

Conclusão

As redes sociais podem ser suas maiores aliadas na divulgação da sua mentoria. Mas você precisa saber usá-las, para que você não se perca neste mar de possibilidades.

Então, você precisa entender qual é o real papel das redes sociais no seu negócio, quais delas você vai usar e qual estratégia deve colocar em prática.

Além disso, também tem que saber como multiplicar o seu conteúdo, para não gastar tanto tempo nessa atividade e ter mais resultados. Ainda, deve aprender mais sobre o tráfego pago, para que você consiga monetizar seu negócio com maior velocidade, entregando sua mensagem para mais pessoas e gerando mais oportunidades de vendas.

Espero que este artigo tenha aberto a sua mente para a grande possibilidade que você tem de se tornar um mentor de sucesso e ganhar muito dinheiro impactando um grande número de pessoas de forma positiva.