Contar com um website bem estruturado, além de outros canais digitais divulgando as mensagens da sua empresa, passou a ser fundamental para garantir sua permanência no mercado. As instituições que não possuem uma presença digital estão condenadas ao esquecimento e, na pior das hipóteses, à falência.

Mas, felizmente, fazer com que a sua marca tenha uma boa visibilidade online é mais simples do que parece, e é o que pode fazer a sua ideia de negócio decolar.

Não entende muito de internet? Então, confira este conteúdo completíssimo que preparamos sobre as melhores estratégias para garantir sua presença online!

O que é presença digital

Quando decidimos montar um negócio presencial, normalmente temos um espaço físico. A localização, bem como a infraestrutura, dependem do tipo de negócio que estamos montando, o qual pode ser uma loja, uma lanchonete, uma empresa de telefonia, etc.

No mundo digital, não é diferente. Você pode ter seu próprio espaço digital, que pode ser em “terras próprias” ou em “terras alugadas”.

Seu site é um exemplo de espaço próprio, onde só você possui o domínio e a responsabilidade por tudo o que é disponibilizado ali, seja conteúdo, produtos ou serviços. A única coisa terceirizada é a hospedagem em um servidor, porém o controle continua sendo totalmente seu.

Já nas “terras alugadas”, você também pode — e deve — ter uma presença digital, porém, o controle do conteúdo depende de outras pessoas. É o caso das redes sociais.

Por que você deve começar a construí-la agora mesmo

A internet mudou radicalmente o comportamento do consumidor. Nos dias atuais, é muito raro alguém fazer a compra de algum produto sem antes efetuar uma busca detalhada na internet.

Claro que os itens mais baratos, de consumo diário, não costumam entrar nessa lista. Mas, se considerarmos produtos com um ticket mais elevado, como eletrodomésticos e eletrônicos, com certeza, o consumidor vai pesquisar na internet antes de adquiri-los.

E isso vale, também, para os serviços de desenvolvimento pessoal de alto ticket. Afinal, as pessoas que buscam por esse tipo de serviço precisam saber quem está contratando. Assim, o profissional da área deve divulgar informações e provas de que o seu trabalho é efetivo.

Outro motivo para construir a sua presença digital agora mesmo é que não existe lugar melhor para para atrair potenciais clientes do que o ambiente online.

Os canais digitais permitem construir uma base de clientes, com o contato dos interessados, para que o empreendedor comece a interagir com eles.

Agora, imagine se sua empresa tivesse que captar clientes fora da internet, investindo em materiais promocionais, propaganda impressa, televisão e rádio? O custo seria muito mais elevado e sem garantia de retorno.

As mídias offline continuam sendo eficazes, no entanto, são muito caras. Por isso, para quem está começando, o caminho mais indicado é ampliar a presença digital o quanto antes.

8 formas de construir sua presença digital sem gastar muito dinheiro

Profissionais que vendem seu conhecimento (consultores, coachings e instrutores) devem usar as redes sociais como forma de cultivar o relacionamento com seu público-alvo. Veja a seguir 8 maneiras muito populares para ter mais presença digital e aplicar o marketing de relacionamento, que é ainda mais valioso para quem atua dessa forma.

Tenha seu próprio website

O site é a “porta de entrada” para o seu cliente online. E assim como sua casa, ele deve ter um endereço único (seu nome ou o da sua marca, se houver).

Na página principal, você deve ter uma apresentação sucinta dos seus serviços e seu método de trabalho, informando seu nome, sua especialidade, suas experiências no mercado e seus resultados (se já houver). Outro item que deve ser pensado com cuidado é o design, por isso, recomendamos que seu website seja desenvolvido por um especialista na área.

Crie perfis com o nome da sua marca nas redes sociais

Tenha perfis comerciais para apresentar os seus serviços no Facebook, Instagram, Linkedin e Youtube. E, dependendo do perfil do seu cliente, você pode definir outras plataformas, como Pinterest e Twitter.

Saiba quem é sua persona

Para comunicar-se com as pessoas certas nos meios digitais, é preciso elaborar uma representação do seu cliente ideal.

A persona contém características próprias, como nome e idade, diferente do público-alvo, que é mais genérico. Portanto, é preciso fazer uma pesquisa detalhada para saber quem ela é. Acompanhe algumas questões que podem ajudá-lo nessa tarefa.

  • Ocupação principal;
  • Grau de escolaridade;
  • Onde mora;
  • Quais são seus objetivos e o que ela precisa para alcançá-los;
  • Quais são suas dores ou necessidades;
  • Como você pode ajudá-la a alcançar o que ela deseja.

Tenha uma estratégia de conteúdo

Blog, redes sociais, Youtube, site. São muitos os canais disponíveis para alavancar sua presença digital e é necessário ter uma estratégia para cada um deles.

Antes de tudo, entenda as características de cada plataforma, a fim de elaborar conteúdos dentro dos formatos específicos.

Depois, concentre-se em falar sobre os assuntos de interesse da sua persona, trazendo algumas soluções para seus principais desafios.

E claro, organize um calendário de publicações para manter todos esses canais atualizados, pois a frequência também conta muito para aumentar sua autoridade no mercado e, assim, expandir a presença digital.

Compartilhe suas publicações em todos os canais e peça para fazerem o mesmo

A comunicação nos meios digitais favorece a integração, de modo que, ao fazer uma publicação no blog ou um vídeo no Youtube, você pode compartilhá-la imediatamente nas outras redes. E, ao final do conteúdo, encoraje seus leitores a curtir e compartilhar, pois quanto maior o engajamento, maior é a sua presença digital.

Otimize seu website para as ferramentas de busca

Saber utilizar as técnicas de SEO ou otimização para os mecanismos de buscas também é um fator importantíssimo para aumentar a presença digital.

Esse conjunto de técnicas consiste em tornar seu site e todo o conteúdo presente nele mais amigáveis para motores de buscas, como o Google. Para tanto, é necessário contar com profissionais experientes e que conheçam o funcionamento dessas ferramentas.

Invista em anúncios pagos

Outra forma de aumentar a sua presença online é fazer anúncios pagos. Investindo muito menos do que em qualquer outra publicidade tradicional, você pode fazer com que seu nome apareça no topo dos mecanismos de buscas e levar mais pessoas a conhecerem os seus serviços sem que tenha que publicar tanto conteúdo.

Interaja com sua audiência

Mais do que ter uma presença digital, é importante estar disponível quando seu cliente precisar. E, com os meios de comunicação cada vez mais ágeis, as ferramentas de atendimento também evoluíram.

Esteja preparado para atender aos seus clientes online, pois eles podem enviar questionamentos nas suas redes sociais, ou até críticas, que vão demandar uma ação rápida.

Além das redes sociais, disponha também de uma ferramenta de chat integrada ao seu website. Assim, é possível qualificar cada visitante que acessá-lo, determinando se ele é ou não um potencial cliente.

Como contratar freelancers por valores acessíveis

Como você pôde ver, há muitas atividades a serem feitas para obter uma presença digital qualificada: conhecer as ferramentas, criar layouts, produzir textos, analisar dados. Cada um desses elementos é relevante para sua estratégia.

Mas você não precisa se preocupar em fazer todo esse trabalho sozinho, e muito menos gastar com uma agência de marketing digital no início do seu projeto.

Hoje em dia, é possível contratar profissionais freelancers para produção de conteúdo digital (web designers, redatores, fotógrafos etc.) em diversos sites, por um valor bem acessível.

Citamos aqui algumas dessas plataformas:

Em todas elas, o contratante pode verificar o perfil dos candidatos e saber se ele é capaz de entregar um trabalho de qualidade.

Entendendo sobre marketing direto e marketing de conteúdo

Ao ter uma presença digital, é essencial que você faça uso do marketing para que atrair pessoas para a solução que você está vendendo.

Existem duas das maneiras poderosas de se atrair potenciais clientes: uma ativa e uma passiva. A ativa é o marketing direto. A passiva é o marketing de conteúdo.

Marketing direto

Como o próprio nome diz, consiste numa abordagem mais direta, em um grupo restrito. Você pode utilizar esse tipo de abordagem nas redes sociais ou com um e-mail marketing, por exemplo.

Marketing de conteúdo

Está relacionado à sua estratégia de conteúdo, mencionada no item anterior. Quando bem executada, contendo textos, imagens, vídeos e um bom SEO, as chances de que os clientes cheguem até sua empresa por meio das publicações é muito grande.

Audiência, tráfego e funis de vendas: as 3 chaves para conseguir clientes

A  presença digital, por si só, não é garantia de novos clientes. O que pode ajudá-lo a fechar mais negócios são os três elementos a seguir:

Audiência

Ter um método de trabalho inovador, com resultados práticos e impacto positivo não basta. É preciso mostrar isso às pessoas que tenham mais chances de adquirir a sua solução — aquelas que correspondem à sua persona, que mencionamos no tópico anterior.

O marketing digital permite segmentar ao máximo uma audiência, a fim de levar sua mensagem somente aos perfis que batem com as características da sua persona. Acredite, quanto mais segmentada for a sua audiência, mais oportunidades você terá de conseguir clientes.

Tráfego

É a quantidade de visitas nos seus canais digitais. É importante mensurá-lo periodicamente, pois quanto maior for o número de visitantes, maiores serão suas oportunidades de vendas.

Funil de vendas

Este é o principal mecanismo do marketing digital, porque é ele que conduz um visitante a se tornar um lead e alcançar a etapa de aquisição dos seus serviços.

Mas, antes de falar sobre o funil de vendas, temos que explicar como se dá a jornada de compra do cliente, que é composta por quatro fases:

  • Aprendizado e descoberta – primeiro contato do visitante com seu serviço. Neste momento ele está buscando informações, podendo fornecer um meio de contato e entrar em seu funil de vendas.
  • Reconhecimento do problema – após captar suas informações, ele  já está ciente do problema e da solução que você oferece.
  • Consideração da solução – já conhece os benefícios da sua oferta e está estudando alternativas. Este é o momento de abastecê-lo com informações relevantes sobre a sua oferta, para que ele evolua até a próxima etapa.
  • Conversão – quando o cliente está pronto para adquirir seus serviços, permitindo um contato direto do profissional.

O funil de vendas é um processo que auxilia a identificar em que momento da jornada o seu lead está. As fases do funil são as seguintes:

  • Topo do Funil – onde ficam os leads que estão na fase de aprendizado e descoberta.
  • Meio do Funil – concentra aqueles que estão na etapa de reconhecimento do problema e consideração da solução.
  • Fundo do funil – corresponde aos que já estão na conversão.

Como ter um funil de vendas eficiente? Crie um formulário de captura em seu website, solicitando os dados de contato do visitante (nome, e-mail, telefone).

É importante, também, que esteja integrado a uma boa ferramenta de e-mail marketing para não haver falhas no processo.

A partir do momento que ele disponibilizar esses dados, ele já se torna um lead e entra no funil de vendas.

Então, cabe a você prepará-lo para a conversão, enviando informações para desenvolver o relacionamento e contar sobre os diferenciais da sua oferta. Dessa forma, ele ficará mais motivado a efetivar o negócio!

Conclusão

Não resta dúvida de que internet é o melhor território para divulgar seus serviços. Nela, é possível comunicar-se com o público que você quer, numa variedade enorme de canais e formatos.

Além disso, é indiscutivelmente mais barato e dá para controlar melhor os resultados das suas ações, pois existem dezenas de ferramentas que disponibilizam dados em tempo real.

Então, não importa se você está iniciando agora uma carreira “solo” ou se já tem alguns anos na estrada, o negócio é mergulhar de cabeça nesse universo online e garantir seu espaço.

Sem dinheiro para investir agora? Calma, não é necessário fazer tudo de uma vez. Você pode fomentar sua presença digital apenas com os perfis nas redes sociais — que, como todo mundo sabe, são plataformas de fácil acesso e gratuitas.

E por falar em plataformas digitais, que tal seguir a BMind nas redes e ler um conteúdo novo como esse todos os dias? Aqui falamos sobre empreendedorismo, desenvolvimento pessoal, finanças e muito mais. Vemos você online!