Transcrição do vídeo

Acho que o principal obstáculo, Thiago, foi o meu próprio mindset

Eu estava, como você comentou há pouco, eu estava amarrado nos meus mindsets de escassez, de que não tem coachee no mercado, de que tem a crise. 

E aí, se não tem coachee, para que é que eu vou fazer investimento num método que, meu, não vai gerar resultado? 

Então, acho que esse para mim foi o principal obstáculo assim, foi exercitar um pouquinho essa mudança de mindset, de perspectiva. Para falar um português bem curto e grosso assim, eu estava de saco cheio de fazer esforço de marketing de conteúdo e simplesmente não ter resultado. 

Nos últimos dois anos, os dois anos anteriores a eu entrar no programa, eu trabalhei que nem um cavalo gerando conteúdo, postando material no Facebook, no Instagram, fazendo vídeo, escrevendo no meu blog. E simplesmente não gerava resultado. 

Eu tinha resultados em termos de coaching, de novos coachees que eram meio ridículos assim. 

Então, eu estava muito cansado disso, eu estava buscando alguém que pudesse me ajudar, falar: “Meu, vem cá que eu tenho um método, tem um passo a passo e funciona”. 

E quando eu vi o teu vídeo na internet eu falei: “Pô, deixa eu entender um pouquinho do que esse cara está falando assim”. 

Aí eu me inscrevi para o teu webinar, assisti, fez todo o sentido. Mas eu ainda fiquei uns dias meio na dúvida, vou ou não vou? Porque como eu falei, eu estava amarrado nos meus mindsets. 

Mas o que me fez dar o passo foi o cansaço mesmo de falar: “Meu, eu estou remando que nem um maluco há dois anos e não tenho resultado”. 

Então, sozinho não vou a lugar nenhum, eu preciso de alguém que me dê suporte. E eu vi esse suporte em você e no teu método. 

Então, e eu acho que esse era um outro mindset assim. Talvez no fundo tivesse uma certa arrogância da minha parte de achar que eu conseguiria sozinho, entendeu? “Ah, preciso conseguir sozinho”. 

Não, não preciso nada. Eu preciso ter resultado, até porque eu tenho filho para criar e tenho os meus projetos, os meus sonhos de vida, enfim. 

E me permitir buscar uma outra perspectiva, “não vou conseguir sozinho, preciso de ajuda, preciso de um suporte e de um bom método”. 

E aí é isso que o Thiago está trazendo, então, por que não? Vamos embora. 

Eu acho assim, para poucas semanas operando com o teu método, eu fechei mais coachees nas últimas semanas, em poucas semanas do que eu tinha fechado em 2018 o ano inteiro. Isso já é muito significativo. 

Eu tinha feito uma meta que eu considerava ousada de número de coachees para 2019, e se eu mantiver essa projeção, eu vou bater essa meta em 2019. E bater até com certa folga. 

Então, isso para mim é um resultado. E que é de fato resultado numérico, é coachee entrando e, portanto, é faturamento

E tem um outro resultado que é essa minha mudança de mindset. O formato que você pôs até em termos didáticos facilita muito essa mudança de mindset. E eu gosto muito dessa interação que você propicia, com os encontros semanais para apresentar conteúdo, para tirar dúvida, com o grupo fechado no Facebook que rola muita interação. 

Então, a todo momento tem gente lá tirando dúvidas, contribuindo, compartilhando experiências. Isso também enriquece muito o processo. Porque é muito ruim, nesses últimos dois anos que eu trabalhei por conta própria, tentando fazer a coisa acontecer por conta própria, é muito ruim não ter com quem compartilhar, não ter com quem tirar uma dúvida, com quem reforçar algum ponto. 

“Olha, eu fiz assim. Será que isso foi o melhor jeito? Será que funciona? Tem uma ferramenta melhor?”.

Então, essa coisa do grupo do Facebook e dos colegas estarem interagindo e você estar o tempo inteiro presente, também é fundamental nesse processo, porque é o suporte que eu precisava. 

Eu acho que o método é um benefício gigantesco que ele te dá o passo a passo, o caminho das pedras. E aí, claro, as coisas ficam muito mais fáceis. 

Essa interação, ter os colegas que estão no mesmo ritmo que a gente e essa troca de experiências, isso é um grande benefício. Com os encontros semanais, com as dúvidas tiradas. Então, esse é um outro benefício importante de um programa questão propõe a ajudar coaches, se fazer presente. 

Você se faz presente o tempo todo. 

Tem uma frase tua num dos vídeos que impactou muito, que me impactou muito. Que normalmente as pessoas falam em ver para crer. E você inverteu a frase, é crer para ver. Então, eu preciso crer que é possível viver de coaching e aí eu vou ver os resultados. 

Então, também tem essa mudança de mindset acontecendo e isso é fundamental.